Malu Tolentino/
▲ Back To Top
Você sabe?
terça-feira, 27 de setembro de 2011

Nas entrelinhas tudo o que eu queria, era que você soubesse que é de você que sinto falta todos os dias; 
que sem você por perto, tudo fica sem graça e sentido.
Tudo o que eu queria  era frio na barriga, era estar do outro lado da porta, ansiosa, te esperando sair para um dia onde eu e você seja tudo o que importa.
Tudo o que eu queria era um dia de chuva embalando nossos sentimentos.
Tudo o que eu queria era um violão, inspiração e uma canção.
Tudo o que queria era sintonia de olhares.
Tudo o que queria era o seu cheiro no meu corpo.
Tudo o que eu queria era o céu e uma lua linda sobre as nossas cabeças, iluminando o que nós podemos fazer de melhor, e  você sabe do que eu estou falando. Só você sabe...
Tudo o que eu queria era que você soubesse...mesmo nas entrelinhas, que é de você que sinto falta todos os dias.


1 Comentários Links para esta postagem
1 Comentários

Sobre fotografia PARTE 1
segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Depois que comecei a fotografar,  muitas pessoas me procuram para saber mais do assunto.
"Onde você estudou? O que é preciso para começar? Quanto custa o equipamento? Vale a pena o investimento?"  São esses questionamentos frequentes feitos a mim.
Não que eu esteja cansada de receber a mesmas perguntas sempre (porque conversar sobre fotografia é sempre um prazer para mim, k ), mas para ajudar pessoas que são interessadas no assunto mas não tem coragem de vir conversar sobre e não tem com quem tirar dúvidas, vou juntar tudo em alguns posts.
Ficará grande, dividirei em quantas partes forem necessárias para não cansar vocês, mas logo adianto: você não é obrigado a ler tudo se não te interessa!!!
Espero que ajude vocês :)

ONDE VOCÊ ESTUDOU FOTOGRAFIA? QUANTO CUSTA?

Eu não paguei para estudar fotografia, mas conheço quem pagou, e conhecidentemente essa pessoa era meu namorado. Sempre saía para fotografar com ele e foram nesses passeios que ele foi me ajudando com as técnicas e toda a teoria de fotografia.
Existem porém, outras formas de aprender a fotografar mesmo sem ter um namorado fotógrafo, rs!
Em Belo Horizonte, duas escolas de fotografia têm destaque no mercado: A Escola de Imagem e a Techimage (clique para saber mais)
Ambas as escolas têm pacotes completos de fotografia, ou seja, ensinam desde tempo de exposição, obturador, enquadramento; passando por fotografia de estúdio, casamento indo até edição de imagens com Photoshop e Lightroom. O preço da Techimage é de R$ 3.000,00 e o da Escola de Imagem é de R$6.000,00 .O curso tem carga horária de aproximadamente 263 horas aula. ( Cerca de 1 ano) .
Se você não tem condições de fazer altos investimentos no estudo da fotografia, você pode optar por contratar   um Fotógrafo como professor particular, esse profissional então, vai fazer assim como o Lucas Rigamont fez comigo, passar todos os princípios teóricos da fotografia.
Vale dizer que fazer qualquer um dos cursos acima não fará de você o grande fodão das imagens. O conhecimento é fundamental sim, mas é preciso muito mais que teoria para ser um profissional, o olhar implica muito e o dom também, assim como não é todo mundo que nasceu para ser médico, ser fotógrafo é a mesma coisa...

O QUE É PRECISO PARA COMEÇAR?

Primeiro você precisa se perguntar: Vou ser um profissional ou quero fotografar só por hobbie?
Ser um profissional da área de fotografia requer um investimento alto devido ao preço dos equipamentos, e ainda há uma grande variável de possibilidades de trabalhos dentro do ramo da fotografia: estúdio, fotografia social, moda, fotojornalismo, foto produtos...
Dependendo do que você quer trabalhar, seus investimentos serão diferentes.

A câmera:Seja para brincar ou para trabalhar, antes de qualquer coisa (claro!) é preciso ter uma câmera. E ter uma câmera é algo que requer investimentos, existe uma grande variável de modelos e marcas, outra infinidade de jeitos que existem para comprar uma câmera e o mais importante: Quanto de dinheiro disponível você tem para comprar uma? 
A sociedade segue o clichê que basta o cara ter uma câmera que custou 1 milhão de reais que vai ser só ele apertar um botãozinho e até a foto da Beth a feia vai ficar maravilhosa...
Primeiramente, você tem que tirar isso da cabeça. Definitivamente, o que faz o cara tirar belas fotos é conjuto de técnica+ olhar + prática. Isso leva a profissionalidade. Ponto. Câmeras variam uma para outra em mil e uma questões, mas você não precisa ter uma Top de linha para tirar boas fotos e se você tiver uma que nem se fabrica mais, não quer dizer que você não pode ser um bom fotógrafo. 
Até os grandes começaram lá de baixo e foram com muito suor e dor nas costas que conseguiram ir evoluindo o tipo de serviço que faziam e por isso foi preciso evoluir o equipamento. 
Já fotografei com a Canon XS que não é mais fabricada pela marca, já fotografei com a XTi também da Canon que é lentinha, fotografo hoje com a T1i que já é superior as outras duas, mas também está bem longe da Top 7D do Rigamont, que eu já tive a oportunidade de trabalhar também, mas que ainda não tive como comprar. Porém, sendo com a 7D, com a XS ou com uma Analógica, a qualidade do meu trabalho se mantém nas três. Sem diferença de técnica ou habilidade. O que muda, é que eu não vou conseguir entregar um arquivo gigante pra um cliente usando a Xs porque a o tamanho do meu arquivo máximo usando essa câmera é relativo ao menor arquivo da 7D, conseguem entender???
Apartir de mais ou menos R$ 1.200 reais você consegue comprar uma XS no Brasil por exemplo.
Se você conhecer alguém que vá sair do país, esse preço cai ainda mais, e na minha opinião é o melhor jeito de adquirir um equipamento.
Pela internet você também consegue comprar seu equipamento, mas tem que ter um cartão internacional para efetuar o pagamento e comprar numa loja confiável, já pensou gastar um dinheirão e levar calote online? Não dá né?
Infelizmente no Brasil as taxas de impostos em cima dos produtos os deixam com o preço muito superior comparado ao mercado internacional.


Conclusão: O investimento com fotografia é muito alto, logo deve ser planejado e repensado algumas vezes.
Pode ser muito divertido alimentar o hobbie por fotografia, mas o "ser fotógrafo e o equipamento não pode ser tratado como um brinquedo de quando você era criança.
Os gastos, valem a pena, ainda mais quando se pode usar seus conhecimentos e equipamento para trazer esse dinheiro de volta com um trabalho que você sente prazer em executar.

Essa semana ainda posto o restante do conteúdo para vocês !

XOXO




0 Comentários Links para esta postagem
0 Comentários

Desabafo ...
quinta-feira, 22 de setembro de 2011

É bom estar de volta para casa, melhor ainda é sentir vontade de vir aqui e cuspir sentimentos...
É estranho, com tanto tempo distante parece que minha vida foi de um extremo ao outro. Bom ou ruim, isso me gera um milhão de pensamentos confusos e incompletos...
Só sei que derrepente tudo está completamente revirado e bagunçado dentro de mim. O mais conhecido vazio, está de volta... São tantas interrogações, poucas respostas e uma lacuna bem grande, esperando para ser preenchida.
Aparentemente está tudo normal. É claro! Visto de fora tudo é muito fácil, enquanto aqui dentro, coração e razão se entrelaçam e estapeiam-se para no fim do round, os dois terminarem no chão.
Passei a vida inteira almejando tudo o que tenho hoje, mas alguma coisa ainda está faltando... Será que todo mundo é assim... INCOMPLETO ?
1 Comentários Links para esta postagem
1 Comentários

Olá!


Sou Malu Tolentino, uma publicitária em potencial e fotógrafa apaixonada com o que faz. Escrevo nas horas vagas para um desabafo mental e até mesmo para influenciar pessoas com meus ideais. Seja bem vindo.
Prazer !